quarta-feira, 31 de dezembro de 2014

Compras nos saldos #1


Olá meninas, espero que estejam bem. Hoje venho com um post sobre o que comprei nos saldos. 
Antes de passar ao que realmente importa, quero pedir desculpa pela minha ausência ontem, mas foi um dia muito atarefado e não cheguei a casa a tempo de publicar nada, daí estar a escrever hoje.
Este ano foi o primeiro ano em que aproveitar os saldos logo no primeiro dia, e não consegui ficar mais desiludida. Aqui em Viana, o shopping é super pequeno, o mesmo se diz das lojas. E toda a gente sabe que: lojas pequenas, pouca disponibilidade de peças. E por tal razão, apenas comprei três peças. Como a minha desilusão foi tanta, ando a tentar convencer a minha mãe a levar-me a Vila de Conde ou até Braga para aproveitar os saldos a sério. 
Sem mais demoras, vamos lá ver o que comprei.




A minha primeira compra foi este casaco de pêlo. Quem já me segue à algum tempo, sabe que ainda à umas semanas atrás andava obcecada com estes casacos. E finalmente tenho o meu, yay. É super quentinnho, muito fofinho, adorei. Comprei-o numa loja local por 19,99€.











A minha segunda compra foi esta camisola de malha. Não sei bem o que aconteceu comigo neste Natal, mas a verdade é que fiquei completamente apaixonada por esta cor, bordo. Por isso, quando a vi, peguei logo nela e levei para experimentar. Como a camisola que tinha pegado estava um pouco estragada, algumas malhas estavam mais saidas, decidi pegar noutra, mas pequei num tamanho um pouco maior e ela acabou por ficar larguinha. Mas nem me importei muito, porque achei que não era um largo exagerado. Comprei-a na Stradivarius por 15, 99€.











A minha terceira compra foi mais uma camisola de malha, mas ainda mais grossa. Como já conseguiram reparar, andava necessitada de roupa quentinha, então aproveitei os saldos para abastecer o meu armário com roupa de Inverno. Esta camisola é realmente quentinha. Também a comprei na Stradivarius por 15, 99€.


























Estas foram as minhas compras nos saldos, da primeira ronda :b
Quais foram as vossas comprinhas?
Bom Ano para todas (:
Eu volto amanhã, beijinho **

domingo, 28 de dezembro de 2014

O quanto eu gostaria de ter..

Carregador Dock Station para iphone 4s.





Todas as pessoas que têm um iphone, sabem o quão delicado é o carregador em si. Há cerca de 10 meses comprei o meu, e já aí me tinham avisado para ter cuidado com o carregador, mas como tinha muitos cá em casa, de ipods e assim, não dei grande importância. Mas com o passar do tempo o carregador original começou a partir e eu deitei ao lixo, contando que teria mais dois. Pouco tempo depois mais um carregador partido, este guardei caso tivesse que usar num momento de urgência. Comecei então a usar o meu último carregador, e sem motivo algum, o carregador deixou de dar. Não partiu, mas o cabo começou a enrolar, a enrolar por dentro e agora não funciona também. Tenho de me desenrascar com o meu velhinho, super partido mas que, com muito muito esforço, vai funcionando.








Encontrei esta especie de carregador numa loja online do instagram chamada "Best Seel" a um preço tão acessível, mas como a minha mãe esquece-se sempre de fazer transferencia bancaria, desisti da ideia de o mandar vir, por agora.
Para além de ser super prático, não iria ter que me voltar a preocupar com cabos a partir, uma vez que a parte de encaixa no telemóvel não tem por onde se curvar. 
É verdade que o Natal já passou, mas ó mãe, eu porto-me tão bem, oh.


                                   Meninas com iphone, sofrem do mesmo problema?
                                                       Eu volto terça, beijinho**

quinta-feira, 25 de dezembro de 2014

Prendas de Natal


Olá meninas, espero que estejam bem. Hoje volto com um post sobre aquilo que recebi este Natal. Nada do que eu vou mostrar aqui é com intenção de me gabar do que tive, é apenas para matar a curiosidade de algumas vocês.
Aqui em casa adotou-se uma política de prendas, isto é, só se compra as prendas para oferecer às pessoas cá de casa nos saldos, com exceções. Exceções estas: para crianças compra-se para serem abertas no dia de Natal e para oferecer a outras pessoas que não passam o Natal cá em casa. Por isso, é de imaginar que este ano não tive um camião de prendas, mas tive as melhores.







Eu adoro adoro adoro sapatos altos. E quando descobri tnis com plataforma, "flipei". Sempre quis umas victorias, só que nunca encontrei nenhumas a meu gosto. Este ano, o meu namorado apareceu cá em casa com estas belezas. Vai ser aquele tipo de calçado que vou usar incançavelmnente.















Este colar foi-me oferecido pelo meu afilhado. Eu adoro tanto esta cor, o estilo, simplesmente adoro. Usado num conjunto normal, faz uma toda a diferença.


















Estes sapatos foram oferecidos pelo meu padrasto. Mandei vir de uma aplicação chamada "wish". Adoro essa "loja", tem coisas lindíssimas a preços baixíssimos. Não tirei foto a usa-los porque ainda não chegaram, só daqui a um mês :c















Estas leggins foram oferecidas pela minha mãe. Nunca fui muito com leggins de napa, mas à uns tempos atrás comecei a gostar e a querer umas para mim. Como os sapatos, as leggins também foram encomendadas numa loja online chamada "hamsacloset", e ainda não chegaram.













Quando os saldos começaram, vou comprar as restantes prendas e depois talvez faça um post a mostrar aquilo que comprei. Espero que estejam a ter um Bom Natal.


Quais foram as vossas prendinhas?
Eu volto amanhã, beijinho **

terça-feira, 23 de dezembro de 2014

TAG| Have A Very Bloggy Christmas ❅❆☃


Olá meninas, espero que estejam bem. Hoje volto com uma tag, talvez a última tag de Natal deste ano. Fui nomeada por três mininas simpáticas: a Bárbara, a Márcia e a Mafalda. Como em todas as tags, o objetivo é ficarem a saber mais um pouquinho sobre mim, sobre um determinado assunto, e depois disso, nomear pessoas com o objetivo de descobrirem coisas em comum, ficarem a conhecer melhores outras bloggers, entre outros aspetos. No entanto, como já não falta muito para o Natal, e como depois disso já não faz sentido responder a esta tag, decidi não nomear ninguém, mas é claro que vou deixar as regras para quem quiser responder ás perguntas desta tag, poder faze-lo. Vamos lá começar então.

Este Tag tem as seguintes regras:
1 -  Agradecer e divulgar o blog que te nomeou;
2 - Responder às 12 perguntas;
3 - Nomeares 12 bloggers que queres que realizem a Tag e avisa-las;



1. Árvore de natal artificial ou natural?








Numa casa com uma gata, o assunto é mais delicado. Na minha casa a árvore é artificial, e já assim a minha gata faz dela gato-sapato. Imaginem só se fosse natural, a árvore iria vergar toda, ia encontrar imensos ramos pelos chão. Credo, melhor nem pensar!








                                                               

                                                             
                                                                  2. Natal com neve ou sol?


Sobre este assunto, até tenho uma historia engraçada para contar. Aqui em Viana nunca nevou, e desde que eu era pequena, a minha mãe tinha grande interesse em mostrar-me a neve. Por isso, à uns 5 anos atrás fui passar o Natal ao Canadá, e deixei-me só dizer-vos que aquilo é lin-do! Continuando, estive lá por volta de 3 semanas e praticamente nem nevou, imaginei a minha desilusão. Precisamente no dia em que me vinha embora e no qual eu já estava dentro do avião, quando cheguei a Portugal, a minha tia que lá vive, ligou-nos a dizer que estava a nevar muito. Pouca sorte a minha. Mas respondendo à pergunta, embora num clima em que neva, o frio seja quase insuportável, eu gostaria de passar o Natal num sitio em que neva.


3. Esperar pela manhã ou abrir os presentes à meia noite?

É uma pergunta complicada. Faço anos dia 24 de Dezembro, e por isso, quando acabo de jantar, "festejo o meu aniversario" normalmente: sopra-se as velas e abre-se os presentes de anos. Mas como tenho uma irmã mais nova, ao ver-me abrir os presentes, sente-se injustiçada e quer abrir os dela também, e para não ficar toda zangada numa altura tão especial, abrimos os presentes de Natal depois de eu abrir os meus de anos, ou seja, antes da meia-noite.


4. Qual o filme que adoras ver nesta altura?


Adoro passar aqueles dias chuvosos e muito frios enrolada num cobertor a ver aquela série de filmes seguidos que costumam dar na tv. Sinto-me uma autentica criança, uma criança feliz, awn. Os meus preferidos são os da Disney ou aquelas comédias românticas.


5. Cânticos de natal nos shoppings. Sim ou Não?

Eu adoro tudo quanto é musica de NataL. Adoro ir ao shopping e ouvir aquelas músicas de fundo natalícas. 


6. Qual o uniforme que usa no dia de natal? Pijama ou veste toda bonita?
Qual o uniforme que usa no dia de natal? Pijama ou veste toda bonita?

Os meus Natais tem sido passados em casa, rodeada de família, e para vos ser sincera, prefiro o pijama, e porque? É tão mais confortável, e depois, como sei que não vou sair, não tenho vontade de me impiquitar toda.

7. 
Qual a sua comida de natal favorita?

Vou ter que confessar, eu o-dei-o o jantar típico português, bacalhau cozido. A minha grande paixão no Natal no que toca à comida, são as sobremesas, a letria. Como eu sou doidjinha por letria. 


8. 
O que quer receber este natal?

Eu ao longo destes tempo tenho mantido um post regular chamado "O quanto eu gostaria e ter.." e é claro que qualquer coisa daquelas era algo que gostaria de receber. Se ainda não viram, podem ver aqui, ali, aqulá, mais e ainda mais. Para quem não sabe, faço anos amanha, 24 de Dezembro e estou a aceitar presentes (a).

9. 
Planeia antecipadamente os presentes ou é à ultima hora?

Eu sou uma pessoa que sofre de stress, muito stress. Então começo a planear as coisas muito, mas muito tempo antes. Em prova disso, o meu namorado fez anos dia 2 de Dezembro, e eu quase um mês antes já andava a stressar em comprar a prenda, e fazer aquelas coisas todas, que até eram simples, mas que me iam preocupando por ser um dia tão importante. Fui respondo à pergunta? Eu acho que sim :b


10. 
 Veste de Pai Natal?

Eu não. Normalmente costumam ser os homens a fazerem isso em casa, mas na minha família são as mulheres, awn.


11. 
Qual a sua musica favorita do Natal?

Como já referi antes, adoro tudo quanto é musica de NataL.  Mas de todas elas, a minha música preferida é Train - Shake up Christmas.


12. 
Onde vai passar o Natal este ano?

Como de costume, na minha casa, yay.


Como amanhã não conto voltar cá ao blog com nenhum post, quero desejar-vos um BOM NATAL, cheio de amor, felicidade e prendinhas, beijinho **

domingo, 21 de dezembro de 2014

O quanto gostaria de ter..

Um casaco de cabedal.

Eu devo ser a única pessoa que não tem um casaco de cabedal, mas até que tenho um bom motivo para esta falta: sempre considerei que casacos de cabedal tem um aspeto pesado e não ficavam bem com outfits assim mais femininos. Acabei com esta teoria quando, à uns tempos atrás, lancei-me à descoberta de outfits e deparei-me com imensos conjuntos com cascos de cabedal, e simplesmente adorei. 






Como sou nova neste estilo, não sei se este tipo de  casacos é o ideal para o Inverno, uma vez que o cabedal é frio. Mas acredito que já existem casacos destes próprios para este tempo. Contudo, um casaco mais fresco é mais fácil de usar durante as diferentes estações do ano do que um casaco mais quente, né? Embora não goste mesmo nada de andar cheia de roupa, era super capaz de usar o conjunto desta foto. É um conjunto simples, mas como tem o casaco, já tem outro toque, não concordam?
















Como sou demasiado piquena, casacos pela cintura ficam-me muito mal, pareço mais gordinha e eu não gosto nada, porque, para além disso, não me cintam como deveriam. Por isso, como estava mesmo decidida a provar que o meu ponto de vista sobre estes casacos estava errado, tentei procurar casacos deste estilo mas mais curto, e qual é o meu espanto quando encontrei um montão deles em várias cores e estilos.













O que me deixou mesmo rendida foi este conjunto. Temos que admitir que é difícil encontrar um casaco que fique bem com este tipo de saias. O site mais conhecido onde encontrei este tipo de casaco foi no site online da berskha com um desconto de 10, mas infelizmente, nenhuma das cores é do meu agrado, podem  ver aqui.












E vocês meninas, também mudaram a  vossa opinião sobre estes casacos?
Eu volto terça, beijinho **

sexta-feira, 19 de dezembro de 2014

Pecados alimentares natalícios


Olá meninas, espero que estejam bem. Como prometido, hoje volto com mais um posto sobre as perdições do Natal e o que fazer para poder comer tudo sem nos assustarmos quando formos à balança.
Como sabemos, é impossivel resistir a alguns doces de Natal. E por isso, eu venho dar uma ajudinha nisto. O meu conselho é escolher apenas um destes pecados nutricionais por dia, que vai poupar muitos quilos na balança, vamos lá ao que interessa. 


1. Broas


Fazem parte dos costumes da tradição culinária na mesa de Natal. É importante lembrar que este tipo de alimento contém uma mistura que alimenta o pneu da cintura: farinha, açúcar, gordura, geralmente em excesso. 


2. Chocolates





Já sabemos que o chocolate é usado e abusado durante todo o ano, mas no Natal abusasse muito mais. Por mais de 50% da sua composição ser açúcar,  as calorias são muitas. Sabem aquelas figurinhas do Pai Natal em chocolate para enfeitar a árvore? Por serem ocas, constituem uma boa alternativa em vez daquelas pastas de chocolate com caramelo dentro, coisa mais boa. Sempre satisfaz a vontade e engana o estômago.
  







3. Enchidos e queijos

Os enchidos que as mesas de Natal apresentam, contêm grandes gorduras. Dando um exemplo, o presunto é deixa de ser tão "mau" se tirarmos a gordura visível. É sempre melhor acompanhá-lo de melão à entrada do que entre duas fatias de pão. Quanto as queijos, os frescos e magros são os que menos gordura têm. Queijo é uma perdição para mim.




4. Fritos de Natal

Quem resiste às filhoses e rabanadas? A tentação dos fritos de Natal é tão difícil de controlar, mesmo quando temos a consciência que são feitas em muito açúcar e excesso de gordura. Eu sei que esta dica não vai servir para muita gente, mas se estiverem muito dispostas a manter a linha, talvez vejam esta sugestão com outros olhos: vamos lá experimentar mudar as receitas tradicionais: reduzir o açúcar, utilizar apenas farinhas integrais, usar leio magro e usar mais canela do que açúcar. Para fritar, os óleos de origem vegetal são considerados os melhores, uma vez que aguentam altas temperaturas sem destruir aquilo que estamos a cozinhar, palavras da minha mãe.






5. Doces


Foge do tronco de Natal, arroz doce e pudim de ovos. Se, ainda com muito esforço não o conseguires fazer, faz uso destes pratos como snacks e não como  sobremesas, preferindo as mais saudáveis, como gelatina ou a salada de frutas.
Eu sei o que estão a pensar "Natal sem doces não é Natal", mas vá la meninas, não estou a dizer para se fazer isto tudo este Natal, mas pelo menos tentar já é uma grande ajuda para entrarmos em 2015 lights ^^.






                Acham possível fazer isto tudo? Vamos lá ser fortes juntas.
                                Eu volto domingo, beijinho**

quinta-feira, 18 de dezembro de 2014

Not to do: Ceia de Natal

Olá meninas, espero que estejam bem. Hoje volto com um post natalício: coisas a não fazer durante a Ceia de Natal, para que consigamos manter a linha. Amanhã regressarei com os 7 pecados alimentares natalícios e como poder usufruir dos doces tão bons sem nos assustar-mos quando chegar a hora da verdade: a hora de nos pesarmos. Mas isso são coisas que explicarei amanhã, por agora vamos masé às armadilhas da Ceia.


1. Fazer jejum durante o dia para poder comer mais à noite

A Ceia de Natal só acontece uma vez durante o ano, por isso, comer tudo o que nos aparece à frente é uma grande tentação. Contudo, ficar sem comer o dia todo para "guardar espaço" para a noite não é uma boa opção. Tudo isso vai ter como resultado falta de energia, metabolismo lento e comer demais do que o que é necessário à noite, e toda a gente sabe que comer muito à noite faz engordar ainda mais. Visto que não  se sabe no que vamos exagerar mais à noite, o meu conselho é moderar durante o dia, priorizando o consumo de alimentos leves no pequeno almoço e no almoço. A minha sugestão para o pequeno-almoço é comer uma tigela de cereais integrais, acompanhado de frutos secos ou até de fruta mesmo. Para o almoço, bife do peito do frango com uma salada a gosto.


2. Preparar muita comida

Calcular a quantidade de comida a ser feita de acordo com o número de pessoas que participarão na ceia é importante, tal como evitar preparar comida em excesso, como é comum nesta data. Tudo isto porque, caso haja sobras, o consumo dos alimentos gordurosos da ceia continuarão a ser ingeridos nos restantes dias. Cá em casa não sou eu quem cozinha na Ceia, por isso não sou eu que tenho que me preocupar com as quantidades, mas como sou eu que vou "sofrer" com os restos, tento controlar a minha mãe no que toca a quantidades.


3. Comer tudo de uma vez só

Quando chega a grande refeição do dia, a Ceia, sem pensar duas vezes, enche-se o prato com todo o tipo de comida disponível,  e come-se como se não houvesse amanhã. Na ansiedade de provar tudo, come-se muito, não se consegue aproveitar o sabor de cada alimento e vai-se comendo mais até se sentir satisfeita.. na hora, porque depois acaba-se com uma enorme dor de barriga. O meu conselho é comer devagar, aproveitar bem cada sabor e dar tempo para nos sentirmos saciadas antes de voltarmos a repetir.


4. Comer apenas porque a comida está disponível

Comer apenas porque os alimentos estão dispostos em cima da mesa é um dos grandes pecados natalícios. Quando já estiveres satisfeita, o melhor é parar de comer. Tudo o que ingerires depois de já estares satisfeita não causará o mesmo prazer nem será bem digerido. Esta deve ser uma das tarefas mais difíceis de concretizar, sofro tanto para me tentar controlar.


         Vão ficar mais "saudáveis" este Natal?  Admitam lá, algumas destas coisas vocês faziam, ne?
 Eu volto amanha, beijinho **

terça-feira, 16 de dezembro de 2014

Guia para sobreviver nas férias de Natal: coisas para se fazer


Olá meninas, espero que estejam bem. Visto que hoje foi o meu último dia de aulas, decidi trazer-vos um post sobre sugestões de "atividades" que podem fazer para passar o tempo naqueles dias em não sabem o que fazer.
Com este tempo frio e chuvoso, a melhor ideia é ficar em casa, no quentinho, "enterradas" no sofá a fazer algo que nos entretenha, mas a verdade é que, sair para nos divertirmos e ver "caras novas" é sempre uma boa opção também. Sem mais demoras, vamos lá começar.




1. Organizar o guarda roupa

Isso é algo que realmente estou a precisar fazer, são muitos os armários que precisam de uma organizada. Eu sei que não é a melhor sugestão para se fazer nestas férias, porque organizar dá trabalho e o que mais se quer é fazer algo que nao envolva muito esforço, mas tem coisas que guardamos que quando ficam velhas a única opção é o lixo. Para além do mais, no Natal, receber roupa é frequente e convem despacharmos aquilo que já não usamos para termos espaço para aquilo que recebemos e/ou comprámos agora nos saldos. A propósito, alguém sabe em que dia é que começam?




2. Ler livros pendentes 

Embora não seja grande fanática por livros, à noite, enquanto o sono não vem, amarro logo num livro até que o sono venha. Ler só faz bem, enriquece o nosso vocabulário e faz-nos vivenciar aquilo que lemos, falo por mim. Se vocês são como eu e não têm livros decentes, a dica que dou é procurar em bibliotecas municipais, pedir emprestado a amigos, ou até mesmo requisitar naquelas carrinhas que passam de mês a mês para se requisitar livros, escapou-me o nome desse serviço. É uma forma de poder ter acesso a livros de forma gratuita.



3. Ver filmes e séries tão desejadas 

Aqui em casa só eu e a minha irmã é que estamos de férias, mas ela entretem-se com os brinquedos dela e por isso ao longo do dia fico praticamente sozinha e acabo por fazer todas as coisas que quero fazer sozinha, como por exemplo, ver aquelas séries e  filmes de mulherzinhas que os rapazes não apreciam muito mas que nós somos obcecadas. Se tal como eu, andam sempre à procura de boas séries, podem clicar aqui e dar uma espreitadela às minhas sugestões, bem como aos filmes que adorei ver e que super recomendo, cliquem aqui e aqui para verem as sugestões de filmes.




4.  Jogar jogos no computador ou noutro aparelho qualquer

 Esta dica é para quem gosta de jogar e que nunca deixou de ser criança. Como durante o período de aulas estudar foi a minha prioridade, não tive quase tempo nenhum para aproveitar os meus velhos jogos, mas agora que estou de férias vou usar e abusar do meu sims, julguem-me.




5. Encontra-te com os teus amigos


É verdade que nos primeiros dias de férias o que mais apetece é ficar em casa, dormir até tarde e à tarde ficar por casa, mas com o passar do tempo, esta rotina começa a ser cansativa e ficar em casa começa a ser uma seca. Por isso, combinar para estar com os amigos só faz bem, põe-se a conversa em dia, conta-se as novidades, planeja-se atividades juntos, entre outras coisas. Ou então, aproveitar para se estar com aquele menino lindo o tempo todo, também me parece bem ^^.




E por hoje é tudo, espero ter sido útil e dar-vos ideias para se entreterem nestas ferias. 
Se tiverem uma sugestao diferente comentem, vou precisar de sugestoes novas tambem.
Eu volto quinta, beijinho**

domingo, 14 de dezembro de 2014

O quanto eu gostaria de ter..

Um gato persa.

Quem convive comigo, sabe perfeitamente que eu posso resistir a muitos animais (o que não é verdade), mas quando se trata de gatos, a Cláudia pira.



Desde pequena que sou rodeada por cães, mas já aí, quando um gatinho aparecia lá por casa, eu fazia de tudo para ficar com ele. Agora, já com 17 anos, a minha paixoneta por gatos é ainda mais obcecante. Num dos Natais, até cheguei a pedir como prenda um gato, obcecada mesmo. Não tive sorte nesse Natal, mas a verdade é que dois meses depois convenci a minha mãe, e fui buscar uma gatinha, a Mia Riqueu. Esta gata é a melhor gata que alguém pode ter: quando alguém toca à campainha ela vai a correr para a porta, ela a-do-ra pasta dos dentes, quando alguém cá em casa lava os dentes ela salta para as costas e começa a "fazer vistinhas" e tenta aproxima-se da boca para "dar beijinho", ela brinca as escondidas com a minha irmã e, como todos os gatos, ela faz de tudo para não passar fome, se é que me entendem.



A minha obsessão por gatos atingiu o seu auge recentemente, quando vi com os meus olhos, uma gata persa, a coisa mais linda, mais fofa de sempre. Numa das pesquisas que andei a fazer sobre este tipo de gato, com intenção de convencer a minha mãe a dar-me um, descobri que um gato persa é ideal para quem vive num apartamento, adapta-se perfeitamente à vida doméstica e aos espaços pequenos. Mia pouco e quando o faz, é de modo discreto. Não gostam sequer muito de brincar: o seu passatempo favorito é dormir e levar festas do dono.




A nível de comportamento, a minha melhor amiga disse-me que estes gatos são um pouco agressivos e estão sempre aborrecidos, mas ao falar com uma amiga que tem um persa, descobri que os gatos persas são tranquilos, calmos, sedentários, pacíficos, meigos e nunca agressivos. São extremamente dedicados ao dono e dão-se bem com crianças, cães e outros gatos e que não gostam de grande confusão.



Contudo, cuidar de um persa não é coisa fácil. Por ter o pelo demasiado comprido, tem que ser escovado, lavado e secado com frequência. Devido à sua feição fsica, os olhos dos persas, devido ao formato especial do nariz, são propensos a lacrimejar frequentemente, e por isso devem ser limpos com frequência também. A sua saúde é frágil.




Mesmo com tudo isto, eu continuo a querer este gato, eu quero porra! Já disse que faço anos daqui a 10 dias?!


E vocês, são apaixonadas por que tipo de animal?
Eu volto terça, beijinho **



sexta-feira, 12 de dezembro de 2014

Dicas para o cabelo crescer mais rápido

Olá meninas, espero que estejam bem. Hoje volto com o meu tema favorito: cabelo. Desta vez com dicas para fazer com que ele cresça mais rápido do que o que é normal. É importante dizer que tudo o que vou dizer aqui é com base em experiências pessoais.

Na minha opinião, o desejo de ter o cabelo comprido começa no Verão, e nessa altura é capaz de se fazer qualquer coisa para fazer com ele cresça, quantas vezes me apanhei a procurar na net dicas para ele crescer mais rápido. Mas a verdade é que, embora eu tentasse fazer o que lá dizia, que consistia maioritariamente em máscaras caseiras, o meu cabelo não crescia. Foi então que decidi fazer "experiências" durante alguns meses e ver no que dava. Tudo isto teve como resultado um impulso ao crescimento do meu cabelo, e quem convive comigo chegou a comentar. Por isso, sem mais bla bla bla, vamos passar ao que realmente importa, ás dicas. 

Let it grow girl!

1. Não pentear o cabelo enquanto ele estiver molhado

Pentear o cabelo enquanto este está molhado facilita a quebra dos mesmos. Eu sei que não pentear o cabelo cacheado é praticamente impossível, por isso, o meu conselho é desembaraça-lo com os dedos e em último recurso, usar um pente com dentes largos com a menor regularidade possível. 

2. Evitar o uso de modeladores térmicos

Evitar o uso de secadores de cabelo e pranchas com frequência. A diferença é visível após o Verão, um dos motivos é a utilização rara destes materiais, entre outros motivos. Ao ficar o maior tempo possível sem os usar, faz uma grande diferença no que toca ao crescimento, bem como o torna mais saudável. É claro que o uso deles em ocasiões importantes não vai afetar, uma vez que não se trata de situações frequentes.

3. Manter o cabelo limpo e hidratado

Manter o cabelo e o couro cabeludo sempre limpo e, ao mesmo tempo, mantê-lo hidratado é uma grande ajuda. Procura sempre hidratar o cabelo durante e após as lavagens mesmo que seja com um pouquinho de creme de hidratação ou serúns.


4. A situação polémica

Cortar as pontinhas pode até ajudar o cabelo a ter um aspeto saudável, mas não a crescer, eu garanto. Há uns anos atrás, quando comecei a frequentar a minha cabeleireira atual, ela aconselhou-me a cortar o cabelo de três em três meses. E então, sempre que chegava ao terceiro mês, o meu cabelo estava enorme, chegava ao dia de ir cortar e ficava com ele super curto. À volta de um ano deixei de o cortar e de três em três meses e senti toda a diferença. Embora na foto a diferença não pareça significatória, quando lavei o cabelo e ele voltou ao normal, o meu cabelo à frente estava abaixo dos ombros 2 cm, como eu disse: super curto!





5. A escolha dos produtos

É importante evitar o uso de produtos à base de silicones insolúveis e químicos agressivos. Para além de reduzir a queda, vai garantir saúde aos fios. Não conheço ningém que faz progressiva dizer que o cabelo cresce. O mesmo se passa com os cabelos pintados, crescem, é verdade, mas num ritmo mais lento.


6. Água

E por fim, a água. O consumo da água ajuda no crescimento do cabelo. Eu sei o quão difícil é beber água, os refrigerantes sabem tão melhor. Naquelas pesquisas doidas que andava a fazer, quando fui pesquisar pelo youtube, só encontrava youtubers a dizer que beber água era super importante para o crescimento do cabelo e fazia com que este crescesse saudável. A minha reação na altura foi a mesma que estás a ter agora "Bebe tu, oh". O pior é que beber um ou dois copos de água não vai fazer diferença nenhuma, e se queres mesmo fazer com que o cabelo cresça, you have to love water, girl! É um esforço que vale a pena, ajuda o crescimento e faz com que percas barriga, trust me.



                     Já sabiam disto tudo? Vamos lá fazer milagres meninas.
Estou a pensar fazer um Q&A, vão deixando perguntas nos comentários.
Eu volto domingo, beijinho **